sábado, 6 de outubro de 2012

Promoção na Curto Circuito - Amanhã, 10% de desconto

Para quem precisa de acessórios em informática, jogos e celulares em Timbó, a melhor opção é a Curto Circuito.


Situada a rua Marechal Deodoro da Fonseca, 1457, Nações, Timbó/SC, ao lado da Madeireira Schimidt, a loja possui a maior variedade da região em acessórios para armazenamento (pendrives, cartão SD, HDs, mídias graváveis), Áudio e Vídeo (Cabos, Conectores e Adaptadores, Fones de Ouvidos e Headsets, Speakers, Caixas de Som e Sub Woofers, Televisores e Monitores), Mobilidade (notebooks, tablets e celulares), Rede e Conectividade, Teclados, Mouses e Gadgets USBs.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Abertura Oficial da Hecate Sistemas

Olá Pessoal, 


Essa semana estou abrindo oficialmente minha empresa de software. Como havíamos feito a enquete aqui antes, o nome da empresa será Hecate Sistemas

Hecate - A Deusa dos caminhos, a criada que conduz, aquela que traz luz. Que funde os caminhos em um só. Que orienta nas sombras. Mas o mais importante na escolha do nome, é que ela guia as pessoas, assim como fazemos com nossos clientes, a seguir seu próprio caminho, mantendo sua individualidade. 

Como devem ter visto no site da Hecate, oferecemos os seguintes serviços:


E a partir de agora, vou reerguer esse site como um portal de besteiras e um outro site que adquiri recentemente de um amigo, o Marmanjo, que estou construindo uma nova engine com melhor tempo de resposta e mais recursos. Aguardem.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Borda Arredondada ( IE9, Firefox 4, Chrome, Safari 5 e Opera )

Quem nunca sonhou em criar um layout com bordas arredondadas sem muita complicação? Eu pelo menos quase chorava para criar, IE era de um jeito, FF de outro e assim ia, porém agora IE9, Firefox 4, Chrome, Safari 5 e Opera suportam a propriedade do CSS3 chamada  border-radius.
Como ela funciona? Muito simples, segue alguns exemplos de como utilizar:
Exemplo 1
<div style="width:500px;height:70px;background-color:#8484ac; border-radius: 30px;">
</div>




quinta-feira, 28 de abril de 2011

Preço justo é realmente necessário nesse momento?

Em um fórum de animes que frequento, um amigo enviou um link para a seguinte campanha: Preço Justo Já!

Antes que falem algo sobre "não quer apoiar, não jogue areia", quero que leiam com atenção tudo o que vou dizer abaixo, a redução dos impostos é necessária, mas tivermos essa redução nesse momento muitas coisas mais importantes que necessitamos teremos mais dificuldades para lutar mais adiante.

terça-feira, 12 de abril de 2011

Novo Nome

Nossa empresa de softwares de gestão empresarial sofreu alterações com a vinda de um novo sócio.
O objetivo da nossa empresa é criar softwares para auxiliar a gestão empresarial de cada empresa de maneira simples e prática.
Além do sistema interno desenvolvido com as melhores ferramentas para que assim alcance um bom desempenho, vamos desenvolver websites para que a empresa consiga explorar seus potênciais e dar o maior conforto e praticidade ao seu cliente.
Nossos planos, metas, missões já estão definidos, mas o contato inicial com o cliente ainda não , e gostariamos da ajuda de vocês para escolher um nome único, agradável, que demosntre o foco da empresa , fácil de lembrar e pronunciar.
Nossa empresa está com três opções, segue abaixo os nomes e seus significados:

Warp Zone - Expressão comum aos Gamers, uma zona de dobra, ou teias, servem como forma eficiente de transporte e/ou conexão para chegar rapidamente a um destino.Clique aqui para ouvir a pronúncia

IdCult - Identidade cultural é o sentimento de identidade de um grupo ou cultura, ou de um indivíduo, na medida em que ele é influenciado pela sua pertença a um grupo ou cultura e/ou seus mecanismos de afiliação/ exclusão do mesmo.Clique aqui para ouvir a pronúncia

Hecate - A Deusa dos caminhos, a criada que conduz, aquela que traz luz. Que funde os caminhos em um só. Que orienta nas sombras.Clique aqui para ouvir a pronúncia




  • Hecate
  • IdCult
  • Warp Zone


  • Hecate
  • IdCult
  • Warp Zone


  • Hecate
  • Idcult
  • Warp Zone


  • Hecate
  • Idcult
  • Warp Zone

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Aumentar a produtividade

Você digita muito código? Seguem algumas dicas para aumentar a produtividade.

  1. Escolha uma boa IDE (Interface de Desenvolvimento):
    Por comodidade, eu prefiro usar o NETBEANS, uma excelente ferramenta para desenvolvimento que te indica erros de sintaxe e dependência, inclui as bibliotecas necessárias para determinadas tarefas, possui ferramentas para desenvolvimento visual (embora eu prefire sempre corrigir parte do código gerado para ficar mais leve), gerador automático de código, entre outras funcionalidades.
  2. Escolha um editor de textos para completar funcionalidades não existentes na sua IDE:
    Considerando que você esteja utilizando alguma IDE que te faltam recursos (praticamente nenhuma delas terá todos os recursos que você considera prático), utilize algum editor de textos para complementar essas funcionalidades. Eu utilizo o NOTEPAD++, dentre as funcionalidades que utilizo nele com mais frequência, estão a seleção de texto por colunas (segure alt e selecione com o mouse, ou selecione com o alt+shift+setas.), busca e substituição por expressão regular, indentação de várias linhas (isso a maioria das IDEs também possuem).
  3. Sempre indente o código:
    Com as funcionalidades que citei acima, você deve entender porque indentar um código se torna mais prático para a manutenção de algum deles, além de que para entender um código indentado é muito menos custoso que um código não indentado.
  4. Use uma ferramenta de controle de versões:
    Eu utilizo o CVS e o SVN, embora o SVN seja muito mais robusto que o CVS, é também muito mais lento. Mas nada que influencie no seu rendimento, muito pelo contrário, sempre ajudará muito.
  5. Utilize algum framework:
    Muitas vezes é complicado utilizar algum framework pois o framework é preparado para um conjunto muito grande de funcionalidades, as funcionalidades que você poderia implementar faculmente na linguagem nativa e não foram previstas pelo framework acabam se tornando verdadeiros desafios de serem implementados caso não sejam muito bem projetados (quem acha que apenas não conheço o framework que trabalho, tente trabalhar com RAP). Atualmente uso frameworks bem flexíveis que nunca tive problemas para implementar alguma funcionalidade, para PHP uso o YII Framework, e para J2EE, Faces, Richfaces, Facelets, Spring e EclipseLink (para JPA2.0). A vantagem é que você poderá se focar mais no negócio e na arquitetura do seu sistema, tendo que escrever menos linhas de código, corrigir menos bugs (pois estará usando um código já testado por muitas pessoas). Mas escolha bem o framework, caso utilize algum que seja pouco flexível e/ou não esteja preparado para determinadas funcionalidades, você poderá ter vários problemas.
Bom, essas são as principais sugestões, caso alguém tenha alguma sugestão de algum assunto que podemos discutir, estamos aceitando sugestões.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Lightbox com JQuery

Devem ter visto que não atualizei o blog faz algumas semanas né? Sabe como é, falta de tempo. Mas agora eu volto a atualizar blog com mais frequencia.

Ontem estava programando como sempre, e acabo por tentar usar o lightbox, uma ferramenta para visualizar as imagens como slides em seu site. Mas para minha supresa, ele não funciona com o jQuery.


Procurando na internet, eis que encontro http://leandrovieira.com/projects/jquery/lightbox/. Bom, fica a dica para quem precisar.


terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Ver script de criação de objeto no Oracle

No MySQL, temos o show create table para ver o script de criação de uma tabela, no Oracle a função dbms_metadata.get_ddl. 

Para ver o script de uma tabela, fazemos:

SELECT DBMS_Metadata.Get_DDL('TABLE', 'NomeDaTabela', 'Schema')
FROM dual;

Note que se não definirmos o Schema, será buscado o objeto em nosso schema padrão. 

Entendendo a função:

DBMS_Metadata.Get_DDL(<Tipo do objeto>, <Nome do objeto>, <Schema>)

Tipo do objeto: Se é tabela, se é trigger, se é procedimento...
Nome do objeto: Nome pelo qual você referencia o objeto.
Schema: Parte da base de dados que se encontra seu objeto.

Você pode obter os scripts através de uma consulta na tabela all_objects (ou na user_objects, ou mesmo na dba_objects, dependendo da permissão) 

Segue um exemplo:

SELECT DBMS_Metadata.Get_DDL(object_type, object_name, owner)
FROM all_objects
WHERE owner = 'SEU_USUARIO'
  AND object_type = 'PROCEDURE'
ORDER BY created